Enquanto Zema só agora fala em leitos, Prefeitura de SL já tinha 36 de UTI para tratar possíveis casos confirmados
Enquanto Zema só agora fala em leitos, Prefeitura de SL já tinha 36 de UTI para tratar possíveis casos confirmados

facePlantão Regional
perm_contact_calendar25 Maro, 2020 09:30:00


Na tarde de ontem, terça-feira, o governador Romeu Zema (Novo) anunciou que o governo vai começar, nesta quarta-feira (25), a montagem de um hospital de campanha com 800 leitos, para atender o aumento da demanda provocado pela pandemia do novo coronavírus. A medida mostra que a Prefeitura de Sete Lagoas, através do prefeito Duílio de Castro, agiu de forma acertada ao anunciar - no dia 16 de março - que parceria entre a rede pública e privada já havia garantido 36 leitos de UTI para tratar possíveis infectados pelo Covid-19.



Na oportunidade, o diretor técnico do Hospital Municipal e da UPA, Dr. Thiago Melo, deu os detalhes em coletiva realizada no gabinete do prefeito. “Além de apostar na prevenção, o município também estruturou uma unidade de saúde para atendimento de casos suspeitos. A UPA 24 Horas terá capacidade para receber possíveis infectados. Com a rede privada, a cidade conta hoje com 36 leitos de UTI para tratar possíveis infectados pelo Covid-19. As pessoas precisam entender que só é considerado do grupo de risco quem apresenta os sintomas associados (coriza, tosse, dor de garganta, febre, cansaço e falta de ar) ou aquele que teve contato com algum suspeito que esteve no exterior”, afirmou.


EXPOMINAS O hospital de campanha anunciado pelo governado Romeu Zema será montado dentro de um dos galpões do Expominas, numa área de 18 mil metros quadrados, e deve ter 800 leitos. A secretaria de Estado da Saúde informou que os leitos vão atender pacientes menos graves, mas 100 leitos de alta complexidade vão ser montados em outro prédio do centro de exposições. O governador de Minas também disse que o Estado está mapeando hospitais e unidades de saúde no interior, que possuam áreas desativadas, para que fiquem de sobreaviso diante da necessidade de montar leitos extras fora da capital.


Facebook WhatsApp