PUBLICIDADE



PLANTãO REGIONAL

SETE LAGOAS

17, Setembro de 2020

Covid - Com mudanças no Minas Consciente, Sete Lagoas chega a 41 óbitos e 94% dos pacientes curados

Com uma alta de 1,3% nas notificações de casos suspeitos de Covid-19 nas últimas 24 horas, Sete Lagoas tem hoje 852 pessoas com sintomas gripais sendo monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde. Uma redução de 27,7% em relação aos últimos sete dias, quando 1.179 pessoas eram acompanhadas. Os testes com resultado negativo já somam 7.881 desde o início da pandemia.

Um novo óbito por complicações da Covid foi registrado ontem. Uma mulher de 64 anos que estava internada no Hospital Nossa Senhora das Graças. Assim, o total de óbitos em Sete Lagoas desde o início da pandemia chega a 41.

Entre ontem e hoje, foram registrados 35 novos casos de Covid na cidade: 20 mulheres e 15 homens. Assim, Sete Lagoas chega a um acumulado de 2.284 casos positivos desde março, entre eles, 41 óbitos, 12 hospitalizados, 82 em isolamento domiciliar e 2.149 já recuperados, o que equivale a 94% dos contaminados.

Hospitalizados

Entre os pacientes de Sete Lagoas e de outras cidades da região, hoje são 26 internados na cidade por causas respiratórias, sendo 14 deles em leitos de enfermaria e 12 em UTI (redução de quase 35% em relação à semana passada). Nos leitos de UTI são oito pacientes de Sete Lagoas. A taxa de ocupação no SUS e na rede particular está em 19,7%.

No Hospital Municipal há quatro internados (dois em UTI), no Hospital Nossa Senhora das Graças são 20 internados (em leitos do SUS são oito em enfermaria e oito em UTI), no Hospital da Unimed há um paciente com Síndrome Respiratória Aguda Grave em UTI e na UPA também temos um paciente em enfermaria. A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid do SUS na cidade é hoje de 21,7%. Entre os 26 internados, 16 já testaram positivo, sendo 12 deles de Sete Lagoas, dois de Paraopeba, um de Prudente de Morais e um do Estado do Tocantins. Há ainda três pacientes com resultado negativo e sete esperando resultados de exames.

Minas Consciente

O Programa Minas Consciente, do Governo de Minas, teve nova atualização nesta quarta-feira, 17. O Comitê Extraordinário Covid-19 decidiu que, a partir deste sábado, 19, as aulas práticas de todos os cursos de saúde que possuem atendimento direto à população serão consideradas serviços essenciais, podendo retornar às atividades a partir da onda vermelha. O secretário de Estado de Saúde, o médico Carlos Eduardo Amaral, frisou que os cursos devem seguir os protocolos e as normas técnicas voltadas para os profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate à pandemia.

“A suspensão das aulas práticas dos cursos de saúde que possuem atendimento direto à população podem trazer prejuízo para parcela das pessoas carentes. O foco dessa liberação é ampliar a capacidade de assistência. Ressalta-se que os protocolos do Minas Consciente devem ser adotados em sua íntegra, incluindo todo o cuidado, uso de equipamentos de proteção individual e distanciamento”, reforçou o secretário.

A pandemia ainda não acabou. Combater o coronavírus é dever de todos: ao sair de casa, use máscara. Higienize frequentemente as mãos e mantenha o distanciamento social. Dúvidas: 3773-2576 | Denúncias: 153 | Informações: www.setelagoas.mg.gov.br/coronavirus