PUBLICIDADE



PLANTãO REGIONAL

SETE LAGOAS

18, Setembro de 2020

Nesta sexta, total de pessoas em monitoramento com suspeita de Covid cai quase 30% em Sete Lagoas e curados são quase 94%

O boletim epidemiológico sobre a situação da pandemia do coronavírus em Sete Lagoas desta sexta-feira, 18, aponta um aumento de 1,2% nas notificações de novos casos suspeitos. A cidade tem hoje 747 pessoas em monitoramento, uma redução de 29% em relação à semana passada, quando 1.053 pessoas com sintomas gripais eram acompanhadas. Já são 8.100 casos suspeitos descartados por exames, desde março, e 1.380 pessoas que tiveram o monitoramento concluído. 

Hoje 35 novos casos de Covid-19 foram registrados: 21 mulheres e 14 homens, o que eleva o número de casos positivos a 2.319 desde o início da pandemia. Entre eles, são 88 pessoas em isolamento domiciliar e 2.176 curadas, o que corresponde a 93,8% dos infectados. A cidade segue com 41 óbitos desde o início da pandemia, com uma taxa de letalidade de 1,76%. 

Hospitalizados
Ao todo, são 25 pacientes hospitalizados na cidade por causas respiratórias, uma redução de 34% em relação à última sexta-feira. Destes, 19 já testaram positivo para Covid, dos quais 14 são de Sete Lagoas, dois tiveram resultado negativo e quatro aguardam resultado de exames.

São três internações no Hospital Municipal (dois em UTI), 21 no Hospital Nossa Senhora das Graças (entre os pacientes do SUS, são oito em enfermaria e nove em UTI) e um paciente internado no Hospital da Unimed em UTI. Não há pacientes com Covid na UPA. A taxa de ocupação de leitos de UTI Covid do SUS em Sete Lagoas hoje é de 23,9%. 

Entre os 25 pacientes hospitalizados, são 11 em leitos de enfermaria. Dos 14 leitos de UTI ocupados hoje na cidade, são dez por pessoas de Sete Lagoas, dois de Paraopeba, um de Capim Branco e um do Estado do Tocantins. A taxa de ocupação de leitos de UTI destinados exclusivamente a pacientes com Covid na cidade, incluindo leitos do SUS e da saúde suplementar, é hoje de 23%.