PUBLICIDADE



PLANTãO REGIONAL

SETE LAGOAS

10, Novembro de 2020

Caramelo anuncia repasse de R$ 140 mil via Câmara para oncologia do Hospital N. S. das Graças

A fila de espera de exames de oncologia do Hospital Nossa Senhora das Graças deve finalmente acabar. Esta é a expectativa do presidente da Câmara Municipal de Sete Lagoas, vereador Cláudio Caramelo (PP), que comemora o repasse de R$140 mil ao hospital, ocorrido na última sexta-feira (6). “Assim que definimos a devolução de recursos, solicitamos ao prefeito que destinasse parte do valor para o HNSG para o setor de oncologia. Houve todo um trâmite burocrático que se finalizou nesta semana. Foi um mês acompanhando esse processo, mas valeu a pena”, reforçou Caramelo.

Há cerca de um mês, Caramelo fez a entrega formal do cheque no valor de pouco mais de R$2 milhões aos cofres públicos da Prefeitura. Naquela oportunidade, foram definidos onde o dinheiro seria empregado: R$1,9 milhão seria para os acertos rescisórios de servidores e ex-servidores da administração pública, o que foi realizado imediatamente. Ficou faltando o repasse dos R$140 mil destinados ao Hospital Nossa Senhora das Graças para dar fim à fila de espera da oncologia.

Conforme Caramelo, para receber o dinheiro, o hospital precisou realizar um plano de trabalho, o qual já está pronto, e, ainda, a atualização do contrato existente entre o Hospital Nossa Senhora das Graças e o município para a prestação de serviços. Na sexta-feira (6) foi feito empenho do valor e a transferência do recurso para a conta do Hospital. O vereador garante que vai continuar acompanhando esse processo de perto para assegurar que a fila de espera por liberação de exames relacionados à oncologia, de fato, acabe em Sete Lagoas. “Há muito sofrimento envolvido em todo o processo de quem aguarda a realização de exames. O que nós, políticos, fazemos é mais do que obrigação: diminuir esta ansiedade destinando recursos. É um valor muito pequeno diante da importância para as pessoas na fila e suas famílias. Por isso, vamos nos manter atentos para a aplicação deste recurso e o atendimento a quem realmente precisa”, finaliza Caramelo.