PUBLICIDADE



PLANTãO REGIONAL

SETE LAGOAS

16, Maio de 2022

VEJA VÍDEO - Vereador Ivson invade unidade do SAAE à noite e pode ser cassado

Afoito para buscar motivos para detonar com a administração municipal, o vereador Ivson Gomes (Cidadania) pode perder o seu mandato. Na semana passada, no dia 12 de maio, ele invadiu as instalações onde ficam os reservatórios do Saae no alto do morro São João, o que pode motivar que a Câmara Municipal casse seu mandato.

O vereador foi até o local à noite e invadiu para acusar que no espaço não havia seguranças e o que os mesmos seriam pagos mesmo sem estar em seus postos de trabalho. Com é de praxe, ele ainda levou alguém para filmá-lo enquanto dava seu show particular.

No entanto, no local há placa alertando que é proibida a entrada de pessoas estranhas sem autorização, o que foi totalmente ignorado por Ivson. O presidente do SAAE, Robson Machado, não deixou o mesmo sem resposta e alertou que invasão é crime e prometeu tomar as medidas cabíveis. Dentre as medidas, ele registrou boletim de ocorrência e vai instaurar um processo criminal contra o vereador.

VEJA NO VÍDEO:

Conforme apurou a redação, o assunto será levado à Câmara e o pedido de cassação, que será apreciado pelos próprios colegas do Legislativo, é uma certeza. Caso parecido ocorreu com a ex-vereadora Hanna Karina Conceição Lima (PSDB) em Jequitibá. Hanna exercia seu primeiro mandato, que terminaria neste ano. A cassação foi motivada pelo fato de ela ter, de acordo com o processo instaurado, invadido a sala onde ocorria atendimento médico a um paciente.

A Comissão que a julgou considerou que o ato da então vereadora se enquadrava no art. 65 da Lei de Contravenção Penal; molestar alguém ou perturbar-lhe a tranquilidade por acinte ou por motivo reprovável. As decisões judiciais tomadas pelo juiz e pelo desembargador confirmam a decisão da Câmara Municipal de Jequitibá.

E o mesmo destino poderá ter Ivson e suas investidas mal sucedidas em denegrir a Prefeitura de Sete Lagoas. Lem"brando ainda que parte da segurança armada estão locados no setor operacional do Saae, na R. Padre Teodoro Ground, Aeroporto Industrial, de onde também fazem o monitoramento das demais unidades, como a que foi invadida pelo vereador.

Por fim, vale ressaltar que o vereador sequer leu o contrato entre Saae e a empresa que presta o serviço de segurança, que diz:

CLÁUSULA PRIMEIRO - OBJETO

O presente instrumento tem como objeto à contratação de empresa especializada para prestação de serviços de Vigilância Armada, para trabalhar no Setor Operacional da Autarquia, Rua Av. Padre Teodoro Ground, 421, no. 421 - Bairro Aeroporto Industrial - Sete Lagoas/MG, conforme disposto no Edital de Processo Licitatório no. 4523/2020 - Pregão Eletrônico no. 013/2020 - Registro de Preços no 013/2020.









Contato

plantaoregional@gmail.com


© 2020 Plantão Regional 24 Horas: Seu portal de notícias 24 Horas