PUBLICIDADE



PLANTãO REGIONAL

SETE LAGOAS

06, Junho de 2022

COVID - Final de semana tem 130 novos casos e Prefeitura amplia horário de aplicação de vacinas até 18h30 em três unidades de saúde

Crianças de 5 a 11 anos têm mais duas chances de se imunizar esta semana em Sete Lagoas

A segunda semana de junho começa contabilizando 36.368 casos de Covid em Sete Lagoas desde o início da pandemia, com a confirmação de 130 contaminações: 84 mulheres e 46 homens. São 477 pessoas com alguma síndrome gripal sendo monitoradas e 17.666 que já tiveram esse acompanhamento concluído, 246 pessoas em isolamento domiciliar, 35.436 casos curados e 64.687 testes negativos. Não há óbitos desde 9 de abril. São 679 óbitos por Covid, 11 pacientes internados em enfermaria (cinco deles no Hospital Nossa Senhora das Graças, três no Hospital Municipal e três na Unimed). São nove de Sete Lagoas, um de Belo Horizonte e um de Abaeté, oito deles com teste positivo e cinco aguardando exames. Há dois pacientes em UTI, ambos de Sete Lagoas.

Adultos
Na terça, 7, de 09h às 16h, tem 4ª dose (2ª dose de reforço) em idosos a partir de 60 anos que tomaram a última dose até 7 de fevereiro, a 3ª dose em pessoas a partir de 18 anos com 2ª dose de Coronavac, Astrazeneca ou Pfizer até 7 de fevereiro e a 2ª dose em pessoas a partir de 18 anos que tomaram a 1ª dose de Janssen até 7 de abril, nas 19 salas de vacinação do Município. Para saber o endereço, ligue para o ESF mais próximo de casa. Sete Lagoas avança mais uma vez em relação às vacinas de Covid. Nesta semana três salas de vacinação do Município estão om horário estendido todos os dias da semana, até às 18h30. São elas: UBS Cidade de Deus, UBS Belo Vale e UBS Luxemburgo. Documentos: identidade com foto, comprovante da última dose, cartão SUS e CPF.

Crianças
Nesta quarta e quinta, dias 8 e 9 de junho, tem mais um cronograma de vacinação em crianças, com 1ª dose de Pfizer ou Coronavac em crianças de 5 a 11 anos que ainda não se vacinaram, 2ª dose de Pfizer em crianças de 5 a 11 anos que tomaram a 1ª dose até 9 de abril e 2ª dose de Coronavac em crianças de 6 a 11 anos que tomaram a 1ª dose até 11 de maio. Locais: UBS Orozimbo Macedo - R. Cuba, 524; Centro de Saúde Manoa - R. Gerânio, 381; ESF Catarina - R. Santos Reis, 238; ESF CDI I - R. Expedicionário Leofredo Gaspar, 534 e ESF Esperança - R. Eduardo Henrique de Abreu, 403. Documentos de 1ª dose: identidade com foto ou certidão de nascimento, cartão SUS ou CPF. Documentos de 2ª dose: identidade com foto ou certidão de nascimento, comprovante de 1ª dose, cartão SUS ou CPF. É obrigatória a presença de um responsável para os menores de idade.

A 1ª dose da vacina contra a Covid já foi aplicada em 185.943 adultos e a 2ª dose em 177.043. Até o momento foram 5.912 aplicações de 1ª dose da Janssen, 14.691 crianças com 1ª dose e 8.658 com 2ª dose, com 84,7% da população com 1ª dose e 76,1% com 2ª dose, considerando 243.950 habitantes, segundo o IBGE/2021. Já a 1ª dose de reforço foi aplicada em 102.921 pessoas, 54,9% da população autorizada a tomar o reforço (187.509 pessoas). A 2ª dose de reforço foi aplicada em 9.815 pessoas. Ao todo, 504.983 doses já foram aplicadas. Doe 1Kg de alimento não perecível ou ração animal na campanha Vacinação Solidária. Realização: Prefeitura. Apoio: Sicoob Credisete e CDL Sete Lagoas. Informações: www.setelagoas.mg.gov.br/coronavirus

Gripe e Sarampo
O Ministério da Saúde prorrogou até 24 de junho a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe e Sarampo para os grupos prioritários. As doses estão disponíveis de 08h às 16h30, de segunda a sexta, em 19 salas de vacinação do município. Os grupos prioritários da vacina da gripe são idosos acima de 60 anos; trabalhadores da saúde; crianças de 6 meses a 5 anos incompletos; gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente; integrantes das forças de segurança; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo; funcionários e população do sistema prisional. Documentos: identidade com foto (idosos), certidão de nascimento (crianças), comprovante da comorbidade ou deficiência, comprovante de vínculo empregatício na área (categorias profissionais) e comprovante de condição de grávida ou puérpera até 45 dias.

Já contra o Sarampo os públicos são crianças de 6 meses a menores de 5 anos e trabalhadores da área da saúde, de segunda a sexta, de 8h às 16h30, nos Centros de Saúde Santa Luzia, Santo Antônio, Várzea, São João, Orozimbo Macedo, Manoa, Montreal e Progresso; nas UBS Cidade de Deus, Luxemburgo e Belo Vale e nos ESF CDI 1, Catarina, Esperança, Eldorado, Alvorada, Fazenda Velha e Barreiro. Documentos: Cartão Vacinal, CPF ou Cartão SUS.