PUBLICIDADE



PLANTãO REGIONAL

SETE LAGOAS

12, Julho de 2022

DEMANDA REPRIMIDA - Prefeitura de Sete Lagoas inicia mutirão para realizar 1.200 cirurgias de catarata

A Prefeitura de Sete Lagoas – por meio da Secretaria Municipal de Saúde – iniciou nesta segunda-feira, 11 de julho, um mutirão de cirurgias de catarata que poderá chegar a 1.200 procedimentos. O contrato firmado junto à unidade de especialidades médicas CORE colocará fim a uma demanda reprimida acumulada há vários anos.

O prefeito Duílio de Castro, o secretário municipal de Saúde, Dr. Marcelo Fernandes, e os coordenadores Alber Alípio Ribeiro, Múcio Eduardo da Silva Júnior e Lara Jamille Silveira Silva foram acompanhar de perto o fluxo neste primeiro dia de cirurgias. “Hoje é um dia especial para a saúde pública de Sete Lagoas. Iniciamos este mutirão que é considerado um marco para zerar uma fila com centenas de usuários”, comentou o prefeito Duílio de Castro.

Os pacientes são atendidos quando a necessidade de intervenção é identificada em consultas das unidades da Atenção Primária. Todos serão acompanhados de perto até a completa recuperação pós-cirurgia. “Pessoas que estão com dificuldade visual devem procurar o ESF de sua região para ter acesso a este serviço. Todo paciente passa por uma avaliação preliminar e depois vai para a cirurgia. O primeiro retorno é com 24 horas, o segundo com 72 horas e o último com 30 dias. Se tudo estiver de acordo ocorre a alta e em caso de algum problema o CORE continuará sendo referência para o tratamento”, detalha o Dr. Marcelo Fernandes, secretário municipal de Saúde.

A contratação deste serviço com a iniciativa privada permite dezenas de atendimentos por dia em uma estrutura própria para este fim. “Agradecemos o prefeito Duílio de Castro pela confiança nesta parceria. Atuamos nesta especialidade há 12 anos e esperamos cooperar muito para zerar esta demanda na saúde pública”, declarou Kelciléia de Oliveira, representante do CORE.

 O mutirão desse importante procedimento oftalmológico é o primeiro de muitos planejados pela Prefeitura de Sete Lagoas. A ação faz parte de um projeto que vai acabar com as filas de todas as cirurgias eletivas do município. “Iniciamos esse processo de zera fila no ano passado. Vamos continuar fazendo mutirões de outras especialidades brevemente para acabar com muita demanda da Central de Marcação. Agradeço a todos os profissionais da saúde que permitem a realização dessas ações”, destacou Duílio de Castro.