PUBLICIDADE



PLANTãO REGIONAL

SETE LAGOAS

19, Julho de 2022

Duplicação da MG-424 entre Pedro Leopoldo e Sete Lagoas pode sair do papel com privatização de rodovia

A rodovia MG-424 (foto), que liga as cidades de Sete Lagoas e Pedro Leopoldo, será administrada pelos próximos 30 anos pelo consórcio Previcon. Conforme a secretaria de estado de Infraestrutura as obras no trecho podem começar ainda este ano. 

As propostas das empresas interessadas em gerir a rodovia foram abertas na Cidade Administrativa na sexta-feira (15) passada. A proposta vencedora foi a do consórcio Previcon, pelo valor de R$ 406,1 milhões. 

“A MG-424 é mais uma concessão do governo do estado, vai ser concedida prevendo a duplicação de Pedro Leopoldo até Sete Lagoas, resolver problemas de interferências na pista. Já conversamos com empresários e prefeituras da região, que nos trouxeram demandas. Agora vamos sentar com a empresa que venceu o leilão para fazer eventuais ajustes para contemplar as demandas, inclusive a localização da praça de pedágio, que foi uma discussão feita lá atrás”, explicou o secretário de estado Fernando Marcato. 

Segundo o secretário, a assinatura do contrato será feita nas próximas semanas e a expectativa é que a empresa comece a fazer obras de melhorias na estrada a partir de agosto ou setembro. 

“Esse é um processo da gestão anterior, só que ele ficou parado nos órgãos de Justiça e no tribunal de contas. Houve pouco diálogo com as prefeituras e com o tribunal de contas e conseguimos destravar. Se o projeto é importante, não importa de qual gestão, ele precisa andar. A empresa começa a trabalhar e só depois de 9 meses começa a cobrança de pedágio”, explicou Marcato.